Arquivo

Textos com Etiquetas ‘facebook’

Excesso de amigos no Facebook pode aumentar nível de stress

21, Fevereiro, 2011 Sem comentários

Segundo estudo, 32% dos entrevistados afirmam sentir culpa e desconforto ao rejeitar uma solicitação de amizade na rede.

Ter muitos amigos no Facebook pode tornar os usuários mais estressados, segundo pesquisadores da Universidade Edinburgh Napier, no Reino Unido.

“Embora haja grande pressão para que as pessoas estejam no Facebook, ao mesmo elas demonstram sentimentos bastante contraditórios em relação aos benefícios do site”, declarou o Dr. Charles Kathy, que liderou a pesquisa.

Entre os entrevistados, 32% sentem culpa e desconforto ao rejeitar uma ‘Solicitação de Amizade’. Enquanto 63% afirmam que demoram para confirmar ou negar tais pedidos e outros 10% admitem que não gostam de receber este tipo de convite.

O estudo ainda aponta que o uso da rede social pode influenciar sensivelmente os níveis de ansiedade das pessoas.

“Os resultados indicam que grande parte dos internautas tem índices altos de ansiedade em relação a usar o Facebook, com poucos apresentando níveis baixos ou médios”, completou ele.

Ainda segundo o relatório, os mais estressados eram aqueles com muitos amigos e que haviam investido mais tempo navegando no site.

Mas, então por que as usuários usam o Facebook? A maioria respondeu que utiliza a rede social para se manter em contato com os amigos e que ‘não pretendiam cancelar seu perfil no site para não ficarem desinformados ou ‘magor’ os outros amigos cadastrados’.

De acordo com Kathy, no fundo, a rede social exerce sobre os usuários uma relação semelhante aos famosos jogos de azar. “O Facebook mantém os usuários ‘viciados’, com a ideia de que precisam estar lá para não perder as novidades”, disse ele.

Fonte: Site PCWorld

Categories: Geral Tags: ,

Autor de lista de usuários do Facebook diz que quis testar senhas.

29, julho, 2010 Sem comentários

O autor de uma lista divulgada com dados pessoais de cerca de 100 milhões de usuários do site de relacionamentos Facebook afirmou que seu objetivo foi “coletar uma boa lista de nomes de pessoas que poderia ser usada para testes (de senhas)”.

Ron Bowes é consultor de segurança cibernética e criou um pequeno programa para reunir informações não protegidas pelas configurações de privacidade dos usuários do Facebook.

A lista foi divulgada como um arquivo de download que se espalhou rapidamente pela rede mundial de computadores e contém a URL (endereço na internet) de todos os perfis do Facebook possíveis de serem buscados, além do nome e do nome de usuário.

Bowes afirmou à BBC que trabalhava como desenvolvedor de um programa para testar a segurança de sistemas na internet, o Ncrack, da empresa Nmap Security Scanner.

“Ele foi feito para testar os sistemas de senhas de organizações usando ataques a força bruta. Em outras palavras, adivinhando combinações para todos os nomes de usuário e senhas.”

Nomes mais comuns

A partir da análise dos dados baixados do Facebook e filtrando as informações por inicial e sobrenome dos usuários, Bowes também descobriu os nomes mais comuns do mundo virtual.

Segundo ele, os três nomes de usuário mais comuns são jsmith, ssmith e skhan.

Em tese, seria possível para pesquisadores combinarem estes nomes com a lista das senhas mais comuns para testar a segurança de sites.

A mesma técnica, no entanto, pode ser usada por pessoas mal-intencionadas para invadir contas pessoais.

Bowes afirmou que divulgou a lista por achar que ela “seria de interesse da comunidade”.

”Configurações confusas”

O consultor disse ainda que o seu “ataque ético” mostra como os padrões de segurança do Facebook deveriam ser melhorados.

Ele diz acreditar que os usuários do site não compreendem bem seus controles de privacidade, que seriam muito confusos.

Para Bowes, tudo o que ele fez foi compilar informações públicas, embora agora, mesmo que os usuários mudem as suas configurações de privacidade para esconder todas as informações, seus dados continuarão disponíveis na lista criada pelo consultor.

Simon Davies, da empresa Privacy International disse à BBC que a questão agora trata da reputação do Facebook.

“Eles podem continuar a correr riscos e torcer para nada cataclísmico acontecer. Mas eu diria que o Facebook tem uma responsabilidade especial de fazer mais que o estritamente necessário.”

Facebook

Bowles recolheu apenas informações que os usuários já haviam tornado públicas, não incluindo detalhes como endereço de email, números de telefone ou endereço postal.

A lista se espalhou rapidamente pela internet, sendo baixada em sites de compartilharmento de arquivos.

Em um comunicado, o Facebook disse à BBC que a informação divulgada já era pública.

“Informações que as pessoas já haviam concordado em tornar públicas foram reunidas por um único pesquisador e já existem em sites como Google, Bing e outros mecanismos de busca, além do Facebook”, diz o comunicado.

“Nenhuma informação privada se tornou disponível ou foi comprometida”, completa.

Fonte: Terra Notícias

Categories: Segurança Tags: , ,

Cisco: FarmVille no trabalho é porta aberta para hackers.

29, julho, 2010 Sem comentários

O jogo FarmVille, muito popular entre usuários do Facebook, é colocado pela Cisco Systems Inc. como um importante fator de risco para empresas, por ser uma porta de acesso para hackers à rede interna das corporações.

De acordo com o relatório semestral da Cisco, publicado esta semana, foi descoberto que 7% de uma mostra populacional que utiliza o Facebook passa em média 68 minutos por dia jogando FarmVille. A lista segue com os jogos Mafia Wars e Café World como segundo e terceiros colocados, respectivamente, no ranking de mais jogados.

O estudo ainda discute mais questões de segurança em mídias sociais, virtualização, computação em nuvem e aparelhos móveis. Além disso, a corporação dá dicas para outras empresas sobre como controlar melhor o acesso de seus funcionários a conteúdos que oferecem risco.

A Cisco Systems trabalha no desenvolvimento de equipamentos de segurança para redes e sistemas e lembra da importância de um controle das páginas visitadas pelos funcionários, que estão sempre tentando – e conseguindo – driblar as restrições da empresa a certas páginas, principalmente as de redes sociais.

Fonte: Terra Notícias

Categories: Segurança Tags: , ,

Brasileiro usa rede social para reclamar

10, novembro, 2009 2 comentários

Reclamar sobre produtos ou serviços é rotina para 27% dos usuários brasileiros do Twitter. O dado faz parte de um estudo da E-Life realizado em parceria com a Press Porter Novelli voltado a investigar de que forma as mídias sociais estão sendo usadas pelos brasileiros.

Entre as redes que receberam o maior número de cadastros novos nos últimos três meses, destacam-se o Twitter, com 43,6%, seguido do Facebook, 10%, e do Linkedln, 4,3%. Já o Orkut, que reúne o maior número de usuários pesquisados, 89,6%, mostra-se estagnado em atração de novos usuários nesse período.

O Twitter é o segundo colocado em número de cadastrados identificados no estudo, com 80,1%. Em terceiro, vem o YouTube, depois os blogs e o Facebook. Além disso, 65,5% dos entrevistados têm blog ativo.

Sobre o uso da internet no cotidiano, foi constatado que os internautas permanecem até 41 horas semanais navegando na internet. Cerca de 63% dos twiteiros e 44,7% dos blogueiros ficam mais de 41h por semana online. Já 28,8% dos orkuteiros ficam online menos de 16h por semana.

Foram entrevistados internautas de todas as capitais brasileiras, apesar da maior concentração estar entre São Paulo, Rio de Janeiro e Belo Horizonte, reflexo também da penetração de internet no Brasil. A média de idade dos entrevistados é de 28 anos e a maioria tem alta renda familiar, trabalha, estuda e tem nível de escolaridade superior completo. Em torno de 63% dos participantes do estudo são homens e, por volta de 36% são mulheres.

A pesquisa procurou descobrir também os diferentes usos de cada mídia social pelos internautas. Os principais motivos que levam os usuários a acessar essas ferramentas e as torna as mais usadas na rede são: manter-se atualizado (Twitter), manter-se próximo à sua rede social (Orkut), busca por passatempo e informações sobre lazer e entretenimento (YouTube) e divulgar o próprio conteúdo e busca de informações e notícias (blogs).

Fonte: Site Baguete

Categories: Geral Tags: , , , ,
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux