Página Inicial > Cloud Computing > Três erros capitais em projetos de computação em nuvem

Três erros capitais em projetos de computação em nuvem

São diversos os problemas que podem levar projetos de cloud computing ao fracasso, mas quase todos existem por conta de três erros capitais.

 

Muitas corporações estão trabalhando em projetos de cloud computing, elaborando desde protótipos simples e rápidos a completas migrações de sistemas empresariais. Enquanto muitos são bem sucedidos, outros estão comendo poeira.

As razões para falhas variam, mas já dá para observar alguns padrões. Elas podem ser resumidas sempre nas mesmas três razões:

1 – Regras de conformidade incompreendidas
Nesse caso, parece haver dois padrões: um é presumir que os dados não podem residir em nenhum lugar que não seja o data center, com a justificativa de questões de complexidade. Mas ninguém se importa em testar essa premissa e frequentemente não há nenhum problema real em dividir os dados nas nuvens. O outro é presumir que não há problemas de governança e logo se ver em situações perigosas, onde os dados vão parar onde definitivamente não deveriam estar. Qualquer exagero ou displicência com relação à conformidade provoca falhas.

2 – Apostar no modelo errado
Nem todos os fornecedores de cloud computing são iguais e alguns possuem o péssimo hábito de encerrar os serviços para evitar problemas com canais de distribuição. Isso aconteceu quando a EMC encerrou o trabalho com sistema de storage como serviço Atmos para trabalhar mais com parcerias. As chances são de que grandes fornecedores façam o mesmo ao perceber que cloud é mais uma substituição do que um avanço de suas próprias tecnologias. O ideal é estudar o mercado e optar pela proposta mais consistente e segura.

3 – Deixar o departamento de TI fora do jogo
Muitos projetos de computação em nuvem  acabam saindo do departamento de tecnologia, principalmente em casos de adoção de software como serviço (SaaS), soluções de storage online, entre outros. É compreensível que, em muitos casos, a TI seja vista mais como uma barrreira para desenvolvimento de projetos, mas a resposta real para esse problema é fazer com que os técnicos tenham a mente mais aberta sobre o uso da computação em nuvem para se moverem mais rápido no sentido de gerenciar infraestrutura e aplicações que melhores suportem os negócios, garantindo consistência na companhia.

Fonte:  Computerworld

Categories: Cloud Computing Tags:
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux