Página Inicial > Multi Mídia > Google lança projeto grandioso de vídeo com código aberto.

Google lança projeto grandioso de vídeo com código aberto.

Desenvolver um formato de vídeo de alta qualidade e, ao mesmo tempo, disponível abertamente para qualquer um. Esse é o objetivo do Google com o projeto WebM, que foi apresentado hoje, durante o evento Google I/O, em San Francisco. O detalhe é que tradicionais concorrentes da empresa no mercado de navegadores aderiram à ideia: Fundação Mozilla e Opera Software estão entre os envolvidos na ideia.

De acordo com a empresa, os arquivos WebM serão formados de vídeo comprimido com uso do codec VP8, que foi desenvolvido pelo Google e é utilizado em larga escala pelo YouTube. A codificação do áudio ficará por conta do Ogg Vorbis, que também é totalmente gratuito e de código aberto. O container do vídeo será o Matroska, que já é bastante conhecido de quem baixa filmes e séries de 1080p (trata-se do famoso .mkv).

O Google afirma que o benefícios do WebM são a abertura e a inovação. Uma vez que o projeto é gratuito, sem cobrança de royalties e com código disponibilizado por meio de licença BSD, o pessoal de Mountain View espera que a comunidade envolvida no código aberto adote o WebM amplamente.

WebM seria ideal para web porque utilizaria menos recursos de processamento. Com isso, os netbooks, tablets e smartphones – que têm se popularizado nos últimos anos – agradecem.

Um dos problemas que o Google poderá enfrentar, porém, diz respeito justamente ao uso de VP8 como codec do vídeo. Reza a lenda que essa tecnologia seria proprietária e, mesmo fazendo parte de um projeto de código aberto, poderia ser mantida dessa forma.

Várias empresas já apóiam o WebM, dentre as quais destacam-se Adobe, Fundação Mozilla e Opera Software. A Adobe disse hoje que vai incluir suporte ao VP8 no Flash. A Mozilla e a Opera Software já trabalham em versões de seus navegadores que possibilitem o uso do WebM.

Para completar a lista, as seguintes empresas assinam o WebM Project: ARM (fabricante de chips), Brighcove (site de vídeos), Logitech (fabricante de gadgets), Nvidia (fabricante de GPUs), Qualcomm (fabricante de chips) e Skype (ah, você sabe), entre outras.

A Microsoft confirmou que o Internet Explorer 9, com previsão para ser lançado somente em 2011, vai ter suporte tanto a H.264 quanto VP8. A má notícia é que, segundo a empresa, o último só vai estar disponível “se o usuário tiver um codec VP8 instalado no Windows”. Puxa, Microsoft…

Apple ainda não deu uma palavra sequer sobre o assunto.

Fonte: TecnoBlog

Categories: Multi Mídia Tags: , , ,
  1. Nenhum comentário ainda.
  1. Nenhum trackback ainda.
Você deve estar autenticado para enviar um coment´rio.
Social media & sharing icons powered by UltimatelySocial
WordPress Appliance - Powered by TurnKey Linux